Como estar presente afeta sua criatividade por Aline Daher


Já percebeu como seu potencial criativo diminui quando você está preso a uma experiência do passado ou ansioso por um evento futuro?

Pois o propósito deste texto é te trazer reflexões e dicas para você exercitar sua presença e liberar espaço mental para criar. Afinal, a maior parte do dia, somos levados a estar no modo racional, analítico, em que interferimos constantemente no que está acontecendo à nossa volta. E o que precisamos treinar para estarmos mais presentes é observar sem intervir. Isso porque quando intervimos, normalmente entramos no piloto automático e não damos chance para perceber o que realmente está acontecendo no presente ou para que nosso cérebro faça novas conexões neuronais.

Mas para que ser mais criativo?

Bem, esta é uma das habilidades mais relevantes e desejadas no mercado profissional hoje, em todas as áreas, como reconhece o Fórum Econômico Mundial. Mas também é bom lembrar que uma pessoa mais criativa tende a enxergar mais facilmente saídas para problemas e desafios na vida pessoal também, sendo mais otimista e resiliente.

Está certo. Vamos entender então como estar presente impulsiona nossa criatividade?

Estar presente significa ter seus sentidos mais atentos ao que acontece no "aqui e agora", estar mais disposto a receber informações (através, principalmente da audição, visão e tato) que se conectem com o que você está fazendo. Isso vai te ajudar a perceber como vencer desafios atrelados a esta tarefa ou a ter insights de como solucionar problemas e inovar dentro da sua área de atuação, ainda que não de maneira imediata.

E como fazemos para ter os sentidos mais atentos? E treinar nossa atitude mental a processar, com o mínimo de julgamento prévio, as informações que chegam ao nosso sistema nervoso central? 

Uma maneira de fazer isso é treinando:

Apreciar - reconhecer o valor do momento presente e que ele é o único no qual realmente podemos atuar, viver.
Dar significado - compreender qual o sentido do que você faz ou do momento em que está inserido dentro de uma perspectiva maior (propósitos pessoais/profissionais). 
Relativizar - buscar outra perspectiva, outra forma de olhar para o que você vivencia, um ponto de vista que te faça perceber o que nunca havia percebido, e construir novas associações ou combinações de ideias.
Conectar-se - estabelecer vínculos com as pessoas que estão relacionadas àquela tarefa ou atividade - estar aberto a ouvir e compreender as pessoas com quem você divide o momento presente.
Meditar - exercitar reduzir o ruído mental, e aprender a importância da pausa para a capacidade criativa e para sua saúde mental.
Pois é isso que treinar nossa presença pode produzir: um estado mental e emocional no qual nos sentimos livres dos nossos preconceitos, julgamentos, paradigmas e crenças, para criar algo novo.

Quer saber mais sobre ferramentas para impulsionar sua criatividade? Este mês estou ministrando o módulo Mente criativa e intuitiva do Programa Mindfulness Design, todas as terças, às 18h50. Para conhecer e participar, inscreva-se na experiência de 14 dias gratuitos pelo LINK: https://online.derosemeditation.com/4companies.

Espero te encontrar na próxima terça!

**********

Aline Daher está há 10 anos na área de desenvolvimento humano. É professora do DeROSE Method e Facilitadora do Programa Mindfulness Design. Graduada em jornalismo, dedica-se à produção e edição de conteúdo há mais de 17 anos.

E-mail: [email protected]

Instagram: @aline_daher

LINKEDIN: Aline Daher

Spotify: https://spoti.fi/3j8jMXi



Siga-nos

DeROSE 4Companies
Desenvolva o foco e a clareza mental, aumente sua vitalidade e gerencie seu nível de stress.

Instagram



Sobre

O DeROSE Method é uma proposta de reeducação comportamental, que desenvolve a alta performance e melhora a qualidade de vida.

Nosso método desenvolve sua habilidade de silenciar a sua mente, e melhorar a clareza mental. Por outro lado, aumentará sua vitalidade e nível de energia, desenvolvendo um corpo saudável que contribuirá para uma mente também saudável.