Agora é hora de aguentar firme por Aline Daher


Você está há mais de um ano seguindo os protocolos de higiene, de distanciamento e isolamento social e, agora, vêm mais restrições ou mais um lockdown?

Pois é agora que você tem que aguentar firme. Ser mais tolerante e, ao mesmo tempo, mais gentil com você mesmo e com as outras pessoas. Sabe que a maioria das pessoas desiste de algo quando estão muito próximas de alcançar seu objetivo?

Por isso, eu te convido a ter coragem e a enfrentar este momento de forma lúcida, sem se prender no discurso de indignação sobre a situação atual e aceitando que para vencer todos os desafios que se apresentam, precisamos ter serenidade e a certeza de que o que mais importa agora é a saúde e a integridade nossa e daqueles de quem cuidamos.

Nosso organismo foi formatado para sobreviver às situações mais estressantes e adversas. Mas, claro, ele tem um limite. A principal função do nosso cérebro é garantir nossa sobrevivência. No entanto, sobreviver deixou de ser nosso principal objetivo há muito tempo. À medida que o ser humano foi desenvolvendo tecnologias que proporcionam mais conforto, passamos a ter a possibilidade de escolher entre viver num local mais ou menos perigoso, a comer com mais ou menos frequência e com mais ou menos qualidade nutritiva. É claro que isso de maneira complexa, de tal forma que hoje ainda alguns não conseguem ter acesso a todos os confortos que a tecnologia traz.

Mas a importância deste aprimoramento tecnológico é que não enfrentamos mais a maioria dos riscos aos quais estávamos expostos antes das primeiras civilizações se estabelecerem. Quero dizer, encontrar um animal feroz, um predador, pronto para nos transformar em sua refeição já não é comum à maioria dos seres humanos no momento atual. No entanto, os micro-organismos ainda podem representar grande ameaça - como estamos vendo. Ainda assim, o avanço tecnológico fez com que buscássemos novos desafios e criássemos novos riscos, não só à nossa integridade física, mas muito mais à nossa saúde mental.

Nosso sistema nervoso central, em seu modus operandi pré-programado, continua trabalhando para economizarmos energia e buscarmos maneiras de recuperá-la, seja através do sono, da alimentação ou outras atividades, como as lúdicas e contemplativas. Mas nosso intelecto busca razões para continuarmos aumentando o nível de desafio, boa parte das vezes desrespeitando a regra fundamental da economia e recuperação de energia.

E isso, na minha visão, esta busca pelo desafio é natural e representa um empuxo evolutivo de todos nós como pessoas, como espécie e como civilização. Porém, temos observado uma crescente nos casos de depressão, ansiedade e estresse (e mais agora com a pandemia), a ponto de extrapolar qualquer capacidade do nosso organismo de se restabelecer, de recuperar um modo de funcionamento saudável.

Se você está lendo este texto, muito provavelmente você tem condições de se dedicar a esta reflexão e repensar a forma como você está conduzindo a sua vida e as daqueles que dependem de você. Por isso eu quero compartilhar algo que notei que a maioria de nós está tentando negar: estamos talvez num momento único da nossa existência em que temos a oportunidade de ver uma mudança estrutural da nossa sociedade/civilização.

Quem estudou marketing, vai lembrar de histórias de empresas que, sem precisar de uma pandemia, faliram porque estavam tentando continuar a produção de algo que não era mais consumido (exemplos do cinema - filmes Cantando na Chuva e O artista). A minha intenção não é desanimar ninguém, pelo contrário, quero provocar, instigar e fazer pensar: o que você está tentando fazer do mesmo jeito que fazia antes da pandemia? Isso ainda funciona pra você? Ainda gera os resultados que você espera? 

Toda mudança vem acompanhada de resistência sua e das outras pessoas, das instituições e lideranças, das autoridades e dos formadores de opinião. Mas aqueles que conseguiram se desapegar do padrão que seguiam, e se adaptaram, estão sofrendo menos, alguns estão inclusive colhendo frutos das oportunidades que enxergaram neste período de transição.

Portanto, as perguntas que te faço são:

O que você está fazendo para economizar ou prover mais energia ao seu corpo?
O que você está fazendo para estimular sua capacidade de enxergar, de ver, de perceber, e encontrar as oportunidades para vencer as adversidades?
O que você está fazendo para se adaptar às novas rotinas, às restrições, e reduzir o estresse e a ansiedade?
O quanto você está se preparando para enfrentar quaisquer cenários que possam vir nos próximos meses e anos?
O quanto você está cuidando das suas relações de trabalho, família e amigos, para que tenha suporte emocional - e possa dá-lo também - e mantenha a conexão com o que realmente importa?
Caso queira compartilhar suas reflexões, comente aqui! Vou adorar conversar com você e, quem sabe, contribuir para que esteja mais tolerante às incertezas e ambiguidades do momento e mais saudável e lúcido para passar por esses desafios e extrair, senão melhores resultados, aprendizado suficiente para se adaptar ao que vem por aí.

Se você quer uma metodologia integral, que trabalhe corpo e mente, desenvolver as habilidades comportamentais do futuro, e a qual possa se adaptar à sua realidade, horários, espaço etc., para te prover o que questionei acima, eu te convido a experimentar 14 dias gratuitos de aulas e workshops da escola em que trabalho.

Para se cadastrar e acessar a experiência dos 14 dias FREE, clique aqui: https://online.derosemeditation.com/4companies

***********

Aline Daher está há 10 anos na área de desenvolvimento humano. É professora do DeROSE Method e Facilitadora do Programa Mindfulness Design. Graduada em jornalismo, dedica-se à produção e edição de conteúdo há mais de 17 anos.

E-mail: [email protected]

Instagram: @aline_daher

LINKEDIN: Aline Daher

Spotify: https://spoti.fi/3j8jMXi



Siga-nos

DeROSE 4Companies
Desenvolva o foco e a clareza mental, aumente sua vitalidade e gerencie seu nível de stress.

Instagram



Sobre

O DeROSE Method é uma proposta de reeducação comportamental, que desenvolve a alta performance e melhora a qualidade de vida.

Nosso método desenvolve sua habilidade de silenciar a sua mente, e melhorar a clareza mental. Por outro lado, aumentará sua vitalidade e nível de energia, desenvolvendo um corpo saudável que contribuirá para uma mente também saudável.